IT Forum 365
artigo_futuro no presente

Big Data e Machine Learning antecipando o futuro

O futuro foi antecipado com a transformação digital, tornando realidade o que figurava apenas na ficção. Mas essa é uma prática que faz parte do dia a dia das empresas, ou seja, pensar como será o mundo de amanhã, hoje, e como a tecnologia pode e vai impactar a sociedade.

É um trabalho voltado a antecipar projetos que aprimorem o posicionamento das empresas no mercado por meio da transformação dos seus negócios. E não é uma mágica e sim a união de conhecimento, tecnologia e pessoas. Nesse desenho, uma fonte valiosa de insights são os dados, desde que bem tratados e explorados.

As organizações, independentemente da sua natureza, produzem verdadeiras montanhas de dados. E o seu futuro estará alicerçado neles. Muitos estudos comprovam que nos últimos dez anos foram gerados mais dados do que em toda a história da humanidade. É algo que impressiona, considerando a nossa pequena parcela na existência. Mas isso já é o suficiente para entender o valor que o ativo “informação” tem no mercado. Ela virou moeda (e certamente a mais poderosa) e é necessário que os mercados e negócios sejam capazes de interpretá-la de forma favorável.

Extrair informações e conhecimento dos dados é um fator importante, mas a capacidade de tomar decisões com eles é o fator de sucesso.

Big Data e Data Science são grandes aliados. Não é ficção pensar que Inteligência Artificial será capaz de relacionar e aprender sobre o negócio de forma robotizada. Toda organização, que em algum momento adotou sistemas de apoio à decisão, sabe o valor da informação e a importância de tê-la de uma forma cada vez mais ágil.

Futuro no presente

A todo o instante as pessoas produzem dados, usando redes sociais, plataformas de comunicação ou aplicações corporativas. São montanhas de dados provenientes das mais variadas origens e nos mais diferentes formatos. É humanamente impossível tratá-los sem a ajuda da tecnologia.

Assim, existe enorme potencial em sistemas de apoio capazes de tratar essa avalanche de dados, os desdobrando em padrões, que geram informações ou simplesmente servem de retroalimentação para esse mesmo sistema. Isso é Machine Learning.

Trabalhar em um projeto ou para uma demanda de negócio, ou mesmo na elaboração de um novo produto ou serviço, usando as mais diversas variáveis, é algo intangível. Imagine analisar informações com variáveis que envolvem complexidade, prazo, orçamento, conectando a pessoa responsável, seu tempo de dedicação, experiência e processos envolvidos.

E mais: acrescentando outras variáveis como cliente, segmento, seu histórico e perfil de compra, utilização e fidelização. Além disso, relacionando toda essa massa de dados com posicionamento e aceitação de mercados e se os treinamentos e materiais de apoio são suficientes. É o que a tecnologia proporciona, ou melhor, torna possível o impossível. Torna visível o invisível.

Qual seria o impacto no negócio se, analisando padrões, fosse possível saber qual o ROI (retorno sobre o investimento) de uma iniciativa qualquer, ainda no período de descoberta da oportunidade? Isso é prever o futuro, torná-lo palpável, gerenciável, planejável e o melhor: antecipá-lo.

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2018 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.